Quem recebe?

Em regra a pensão por morte é devida aos filhos e companheiros daquele que era contribuinte do INSS.

Em caso excepcionais, é possível que o benefício seja pago também a irmãos do segurado, se comprovada a depedência econômica desses. Como exemplos, podemos citar um irmão que, por ser  incapaz ou menor de idade, era mantido por outro.

Por quanto tempo a pensão é recebida?

Aos filhos ou irmãos, a pensão por morte será paga apenas até os 21 anos de idade. No caso de invalidez ou deficiência, o benefício poderá ser vitalício.

Aos companheiros, casados ou que mantinham união estável, haverá análise do tempo de acordo com o seguintes requisitos:

1 – Se houve mais ou menos de 18 contribuições mensais ao INSS até o momento do falecimento;

2 – Se o casal estava junto por mais ou menos de 2 anos;

3 – Se o falecimento ocorreu por razões naturais ou acidentárias;

4 – Idade do companheiro (dependente) . Em relação a esse requisito, o tempo de recebimento do benefício é assim definido:

pensao

Qual o valor?

A pensão por morte terá o valor de 100% da aposentadoria que aquele que faleceu recebia ou que teria direito se fosse aposentado por invalidez.

Quanto cada um dos beneficiários receberá?

A pensão por morte será dividida em partes iguais entre todos os beneficiários. Assim, se a pensão é R$ 2.000,00 e há uma esposa e um filho como dependentes, cada um receberá R$ 1.000,00. Quanto atingidos os 21 anos pelo filho, o valor que esse recebia será repassado à companheira.

Como requerer?

Você pode requerer o benefício pelo site https://goo.gl/w2pwwQ  ou então agendando horário pelo telefone da previdência, número 135.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco!