Em Canoas há mais de 2 mil advogados, como devo escolher na hora de contratar?

Como não correr riscos?

A contratação de um advogado não é uma decisão simples a ser tomada, sendo necessário observar diversas características do profissional para que se evite qualquer desgosto ou serviço não comprometido, portanto, fique atento nas dicas a seguir.

Como um mau serviço pode me prejudicar?

Um serviço mal prestado por um advogado pode afetar o cliente de diversas formas, podendo comprometer bens e desestabilizar a família, assim como pode impossibilitar ganhos significativos no caso de cobranças não realizadas com sucesso. Uma vez que a justiça trabalha com provas e estratégia e prazos, é indispensável que cada caso seja analisado individualmente, porque todos apresentam características próprias e devem ser pensamos de forma única e tratados com muito cuidado.

Os maiores erros dos advogados são cometidos pela falta de atenção ao cliente, por não o ouvirem e não tirarem todas as dúvidas sobre a situação que ele passa. Não é raro, ainda, vermos situações de advogados que foram contratados e não prestaram o serviço ou ingressaram com a ação, assim, fique atento!

Então, como escolher?

Observe se o advogado coloca o cliente em primeiro lugar! O advogado deve construir com o cliente a estratégia e a montagem das provas. É importante, assim, que advogado e cliente estejam em sintonia e que colaborem durante todo o processo.

É importante, ainda, que o cliente esteja atualizado de todo o andamento do processo e que o advogado esteja disposto a prestar informações sempre que pedido, assim, escolha um advogado que seja atencioso e possibilite o acompanhamento de cada etapa da ação.

Ainda, observe se o advogado é experiente e se o local em que atua é organizado e conta com uma equipe. Não corra riscos desnecessários!

Quão importante é o acompanhamento de um advogado em minha vida?

O mais importante em uma ação é a rapidez da tomada de decisão. É necessário, assim, que o cliente esteja atento para que, caso haja qualquer violação a um de seus direitos, entre em contato imediatamente com o advogado. Esse fato é relevante porque diversos atos só podem ser realizados imediatamente após a ocorrência da ilegalidade, sendo indispensável uma ação efetiva e instantânea, minimizando riscos.

É importante que se tenha um advogado de confiança para esclarecer atos do dia-a-dia e que possa orientar na tomada de decisões, o que evita, em diversos casos, danos ao cliente por atuar na prevenção de problemas!

Vemos a necessidade de retomada à cultura do “advogado da família”, ou seja, o advogado que a orienta na tomada de decisão e a norteia nos diversos aspectos da vida civil, seja em suas questões previdenciárias, trabalhistas, ou relacionadas ao próprio núcleo familiar. Depositada confiança no advogado, preparado, evidenciamos a possibilidade de oferecer as melhores ferramentas de assistência aos interesses pessoais dos integrantes da família.